Jornal diariOnline Região Sul. O seu portal de notícias Algarve e Alentejo Portugal

Algarvio Bernardo Lopes brilha na 7ª arte como realizador

Nasceu em Lisboa há 27 anos, mas foi em Quarteira que cresceu e se tornou adulto. Define-se como algarvio. É com esta explicação na primeira pessoa que Bernardo Lopes, realizador de cinema, fala em exclusivo ao jornal diariOnline Região Sul sobre os prémios que conquistou com a sua mais recente Curta-Metragem de Ficção intitulada ‘Moço’.

O ‘Moço’, gravado em dezembro de 2018 entre Alte e Salir, no concelho de Loulé, foi galardoado no ano passado com o prémio revelação no 26º Festival Caminhos do Cinema Português e no passado domingo, venceu na categoria ‘Melhor Curta-Metragem de Ficção’ dos Prémios Sophia, conhecidos como os ‘Óscares portugueses’ que se realizam há 10 anos pela mão da Academia Portuguesa de Cinema.

Fazer cinema custa muito dinheiro. Não sendo abastado, o realizador quarteirense explica como vai conseguindo reunir os euros necessários para as suas produções. No caso do ‘Moço’ para além de outros, contou com o apoio da Câmara Municipal de Loulé.

Na segunda parte da entrevista, Bernardo Lopes fala do futuro e revela em primeira mão que no primeiro semestre de 2022 estará a rodar em Quarteira a sua primeira Longa-Metragem, com a particularidade de querer ter quarteirenses a participar. Portanto, se durante o primeiro semestre de 2022 se deparar com uma equipa de filmagem numa das ruas de Quarteira, já sabe que é o Bernardo Lopes e a sua equipa.

Ainda que fugazmente, Bernardo Lopes afirma que falta o público português fazer as pazes com o cinema português e dá três exemplos sobre o que faz falta fazer para que o público português ande de braço dado com o seu cinema.

Recuando no tempo, Bernardo Lopes concluiu os estudos em 2016 e de imediato, em janeiro de 2017, rodou em Quarteira, a curta-metragem “Ivan”, uma obra que conquistou três prémios nos Estados Unidos: Grande prémio do Júri em Laughlin; Melhor filme no New York Portuguese Short Film Festival; e Melhor Realizador no Chelsea Film Festival em Nova Iorque.