Foto: EFE/Pool Moncloa/Borja Puig

Espanha e Portugal vão abordar o sistema energético ibérico

A ministra de Transição Ecológica de Espanha, Teresa Ribera, com o ministro do Ambiente de Portugal, João Pedro Matos Fernandes, reuniram-se e agendaram o próximo encontro

Espanha e Portugal vão abordar de forma conjunta, no âmbito de uma reunião que será realizada a 29 de novembro em Lisboa, a orientação dos planos de recuperação e resiliência para a transformação de sistemas energéticos de ambos países e, em concreto, no que se refere a cidades, mobilidade e soluções industriais.

A capital portuguesa, de acordo com a agência EFE, vai receber a presença da terceira vice-presidente do Governo espanhol e ministra da Transição Ecológica, Teresa Ribera, segundo anunciou a própria durante um breve encontro com jornalistas em Trujillo, depois de ter reunido com o ministro português, João Pedro Matos Fernandes, na cidade que acolheu ontem a XXXII Cimeira Luso-espanhola.

Pub

Ribera adiantou que ambos países estão a trabalhar em temas de energia, um assunto "fundamental" para as duas nações vizinhas.

No contexto da transformação do sistema energético, segundo a notícia avançada pela EFE, Espanha e Portugal têm "uma agenda comum muito importante associada a novas soluções energéticas", desde a eficiência e as renováveis, incluído o hidrogénio, ou a mobilidade elétrica, campo que abrange as baterias e carregadores.

"Podemos fazer muito juntos, pois temos propostas partilhadas", acrescentou a ministra espanhola.

Com os planos de recuperação, transformação e resiliência de fundo, Ribera ressaltou a importância de abordar "tarefas" de ambos lados da fronteira, como a habitação, conectividade, serviços e planos específicos de desenvolvimento.

Pub

Outro dos aspetos abordados nesta cimeira está diretamente relacionado com quem diariamente convive e procura serviços e emprego em regiões transfronteiriças.

Assim, mencionou o Estatuto do Trabalhador Transfronteiriço, que será aprovado esta quinta feira; a ativação de serviços comuns para o número de urgências 112 e a proteção tanto da mulher vítima de maus-tratos quando cruza a fronteira como de menores não acompanhados.

Perguntada pela situação política atravessada por Portugal depois do chumbo do Orçamento, que coloca o país à porta de eleições antecipadas, Ribera expressou a sua confiança de que haja "uma saída o mais construtiva e positiva para o povo português".

Depois de descrever a relação de ambos Governos como "excelente", segundo a agência EFE, a ministra espanhola assegurou que os dois países vão continuar a trabalhar com total normalidade nas agendas partilhadas.

Pub
Mais em Sociedade
Beja
Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja arranca na sexta-feira

A banda desenhada volta a tomar conta da cidade de Beja, entre 27 de maio e 12 de junho, com um festival internacional que promete

Transição
São Brás: Sessão online aborda transição digital nas escolas

A transição digital nas escolas vai ser tema, amanhã, quinta-feira, 26, de uma sessão online, via Zoom, promovida por entidades de São Brás

Olhão
Olhão: MOJU promove melhorias em bloco habitacional

A MOJU – Associação Movimento Juvenil em Olhão reuniu esforços para promover pequenas melhorias no interior do bloco habitacional onde,

Portugal vai estudar implementação da semana laboral de quatro dias

Impacto da semana laboral de quatro dias, graças à aprovação de uma proposta parlamentar da esquerda durante o debate do OE 2022…