Biblioteca Lídia Jorge apresenta “Alma Algarvia”

A Biblioteca Municipal Lídia Jorge vai ser palco da apresentação do livro de poesia “Alma Algarvia”, da autoria de José Guilherme.

No próximo dia 18 de novembro, às 19h00, o autor dará a conhecer o seu trabalho, que descreve como “uma homenagem ao Algarve e às suas gentes”.

Natural de Portimão, José Guilherme é autor de diversas obras, entre as quais “Páginas Soltas da Vida” (2009), “Estórias de Gentes que Amam” (2012), “A Libelinha no Reino da Chuva” (2021) e “Lua Mágica- Ode à Natureza Feminina”. Recentemente descobriu a sua sensibilidade para a escrita na versão de poesia e de prosa poética.

Pub

“Alma Algarvia” é um livro que reflete a paixão do autor pelo Algarve. José Guilherme conta que os textos “transportam-nos para o fascínio dos aromas provenientes dos campos e da maresia, do mar de brilho cristalino, da sonoridade cantada e aveludada das mouras encantadas, ou da luminosidade infinita desta sublime região que a todos presenteia e cativa.”

A obra conta com fotografia de Domingos Mendes, autodidata que se dedica à arte de fotografar desde 2006. Além da versão portuguesa, o livro encontra-se traduzido em inglês por Yolanda Fonseca.

Pub
Mais em Sociedade
Algarve
Pensar o Algarve 2030 ausculta populações do interior

As sessões de auscultação da população sobre «Pensar o Algarve 2030 – Estratégias para o interior», promovidas pela Associação In Loco,

Farol
Ilha do Farol é um dos “tesouros escondidos” na Europa

A Ilha do Farol, no concelho de Faro, foi nomeada para a lista de 22 “tesouros escondidos” revelada pelo site European Best Destinations

Helena Carreiras
Ministra da Defesa preside à cerimónia militar do Dia da Marinha em Faro no domingo

As celebrações do Dia da Marinha em Faro encerram amanhã, domingo, 22, com especial destaque para a cerimónia militar no jardim Manuel Bivar

Portimão
Semana Intercultural junta comunidades de migrantes de Portimão

A Semana Intercultural de Portimão vai decorrer entre 23 e 29 de maio, sob o mote da diversidade cultural, visando “promover a vivência das