Luís Horta *

Parabéns, Sr. Empresário!

Aceite o meu agradecimento por incentivar o empreendedorismo!

Aceite a minha homenagem neste 25 de novembro, Dia Nacional do Empresário!

O seu papel económico é crucial para a produção e circulação de bens e serviços no mercado e para o aumento da riqueza numa determinada região. Mas, mais do que isso, vergo-me é ao seu papel social na percussão da melhoria da qualidade de vida das pessoas: satisfazendo as necessidades e desejos dos consumidores; gerando postos de emprego; zelando pelas boas condições de trabalho dos colaboradores e bem-estar das famílias; pagando impostos e contribuições e preservando o meio ambiente. No fundo, permitindo o desenvolvimento social e económico sem perseguir a ideia de lucro de forma irresponsável. Ainda assim, folgo em saber que recebe um bom lucro pela sua atividade. É justo. Mais do que justo, porque esse lucro foi conseguido com muito trabalho e perseguido com muita perseverança e está a ser, atualmente, bem aplicado… possivelmente em novos investimentos que vão alavancar o desenvolvimento económico do país.

Pub
Características dos empresários de sucesso

Por detrás de um negócio rentável está sempre um empresário de sucesso! Um homem ou uma mulher que a dada altura percebeu que não tinha necessariamente de trabalhar por conta de outrem, que podia ser o mentor do seu próprio negócio. E é essa a mensagem que pretendo passar aos jovens estudantes, independentemente do nível de ensino em que se encontram. Todos os postos de trabalham são válidos e igualmente importantes (do empregado ao patrão), por isso tanto se podem esforçar para trabalhar numa empresa forte e credível, como gerar uma atividade própria, que contribua para o bem-estar da comunidade de forma ampla e responsável. Mas para tal, convém irem desenvolvendo algumas características comuns aos empresários de sucesso… Como é que essas pessoas são?

• São autoconfiantes. Acreditam nas suas opiniões e decisões.

• São eficientes. Independentemente dos recursos, conseguem aproveitar o que têm à disposição e iniciar atividade, nem que seja trabalhando sozinhos!

• São capazes de correr riscos. Não se atiram para o escuro, mas sabem que isso de investir de forma calculada é um mito.

• São corajosos. Informam-se, planeiam, calculam riscos, mas não deixam de arriscar com soluções e produtos inovadores.

• São persistentes. Não desistem perante a primeira contrariedade ou erro.

• São exigentes. O que fizeram está muito bem, mas o que vão fazer amanhã, ficará melhor ainda!

• São pelo espírito de iniciativa. Procuram constantemente por novas oportunidades de negócios e têm a capacidade de tirar uma ideia do papel.

• São perseverantes. Aceitam e superam as dificuldades.

• São pessoas que se rodeiam de talentos. Recrutam para as suas equipas, colaboradores competentes e aptos a dar resposta aos desafios do mercado.

• São incapazes de criticar abertamente. Preferem lidar com os problemas de forma construtiva.

• São criadores de espaços de trabalho produtivos e criativos, para que as suas equipas se sintam confortáveis e motivadas para atingir os objetivos.

• São trabalhadores. Mas muito embora focados no trabalho, conseguem equilibrar a vida profissional, com a vida pessoa, familiar e social.

• São claros e objetivos. Estabelecem metas, regras e assumem compromissos.

• São capazes de delegar. Atribuem as tarefas que podem e devem a quem de direito, mas não passam o controlo e responsabilidade pelo trabalho!

• São líderes. Não são patrões nem chefes! São pessoas que gerem equipas pelo exemplo.

• São pelo trabalho em equipa. Sabem que os bons resultados nascem do trabalho conjunto e fomentam o orgulho no compromisso selado entre todos.

• São inspiradores e motivadores. Incentivam os colaboradores a pensar fora da caixa e reconhecem o valor e contributo de cada um, na senda dos melhores resultados para a empresa.

• São empreendedores que dão e recebem feedback. Através de comentários e avaliações, percebem o que estão a fazer de forma correta e o que precisam de alterar.

• São promotores da cultura organizacional. Perseguem um conjunto de valores que elevam o trabalho de uma empresa, nomeadamente transparência e responsabilidade.

São, em suma, um grupo de profissionais que escolheu o caminho mais trabalhoso, mas também o mais desafiante e compensador.

Feliz Dia Nacional do Empresário e parabéns a todos quantos lá chegaram… e almejam lá chegar!

Para ler o artigo anterior, clique aqui.

Pub

* Professor no Agrupamento de Escolas João de Deus; Sócio-Gerente Webfarus

Pub
Mais em Opinião
Saúde da mulher: Respeitar todas as fases da vida

O Dia Internacional da Saúde Feminina, assinalado a 28 de maio, tem como objetivo alertar a população para as desigualdades, ainda existentes

O assédio como prática negocial: O assédio é ilícito de mera ordenação social, o assédio é crime!

Assédio é, pode afirmar-se com segurança, no plano legal, “toda e qualquer situação em que ocorra um comportamento indesejado, relacionado

Investimento na saúde da visão para poupar e promover vidas

Mais de mil milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de deficiência visual ou cegueira evitável, porque não lhes são assegurados os cuidados

Vacinação contra a tuberculose

Dirigindo-me à DIREÇÃO GERAL DE SAÚDE, venho por este meio lembrar que estamos no meio de uma guerra, que repudio totalmente, e com resultado