Foto: Reuters

EUA: tornados devastadores em Kentucky deixam rasto de destruição e morte

"A devastação é diferente de tudo que já vi na minha vida e tenho dificuldade em colocá-la em palavras", disse o governador do estado de Kentucky, Andy Beshear

Temia-se que pelo menos 100 pessoas morressem em Kentucky, depois de um enxame de tornados rasgar por um percurso de 320 quilómetros pelo meio-oeste e sul dos Estados Unidos, demolindo casas, destruindo empresas e desencadeando uma corrida para encontrar sobreviventes sob os escombros, disseram as autoridades neste sábado.

Segundo a notícia avançada pela agência Reuters a que tivemos acesso, os poderosos tornados, que os meteorologistas dizem ser incomuns nos meses mais frios, destruíram uma fábrica de velas e os bombeiros e delegacias de uma pequena cidade no Kentucky, destruíram uma casa de saúde no vizinho estado do Missouri, onde pelo morreram pelo menos dois trabalhadores de um armazém da Amazon em Illinois.

Pub

O governador do Kentucky, Andy Beshear, disse que a coleção de tornados foi a mais destrutiva da história no seu estado. Ele estimou que cerca de 40 trabalhadores foram resgatados na fábrica de velas na cidade de Mayfield, que tinha cerca de 110 pessoas dentro quando foi reduzida a uma pilha de escombros. Seria um "milagre" encontrar mais alguém vivo sob os escombros, disse Beshear.

O governador do Kentucky, Andy Beshear, em conferência de imprensa.

"A devastação é diferente de tudo que já vi na minha vida e tenho dificuldade em colocá-la em palavras", disse Beshear numa conferência de imprensa. "É muito provável que haja mais de 100 pessoas perdidas aqui em Kentucky" - declarou o governador.

Beshear disse ainda que 189 membros da Guarda Nacional foram destacados para ajudar na recuperação. Os esforços de resgate concentrar-se-ão em grande parte em Mayfield, onde residem cerca de 10.000 pessoas no canto sudoeste do estado, onde converge com Illinois, Missouri e Arkansas.

De acordo coma notícia da Reuters, Vídeos e fotos postados nas redes sociais mostraram edifícios de alvenaria no centro de Mayfield destruídos, com carros estacionados quase enterrados sob os escombros. O campanário do histórico tribunal do condado de Graves foi derrubado e a vizinha Primeira Igreja Metodista Unida desabou parcialmente.

O chefe dos bombeiros de Mayfield, Jeremy Creason, cuja própria estação foi destruída, disse que a fábrica de velas foi reduzida a uma "pilha de metal dobrado, aço e maquinário" e que as equipes de resposta às vezes tinham que "rastejar sobre as vítimas para chegar às vítimas vivas".

Pub

Paige Tingle disse que conduziu quatro horas até ao local na esperança de encontrar a sua mãe de 52 anos, Jill Monroe, que estava trabalhando na fábrica e foi ouvida pela última vez às 21:30 horas.

Não sabemos como nos sentir, estamos apenas tentando encontrá-la”, disse ela. "É um desastre total aqui."

Biden aprovou declaração de emergência para o Kentucky

Na génese do surto de tornados, esteve uma série de tempestades noturnas, incluindo uma tempestade de supercélulas que se formou no nordeste do Arkansas. Essa tempestade saiu de Arkansas e Missouri para o Tennessee e Kentucky.

Temperaturas e humidade excepcionalmente altas criaram o ambiente para um evento climático tão extremo nesta época do ano, disse Victor Gensini, professor de ciências geográficas e atmosféricas na Northern Illinois University.

"Este é um evento histórico, se não geracional", disse Gensini.

Pub

Dizendo que o desastre foi provavelmente um dos maiores causados por surtos de tornados na história dos Estados Unidos, o presidente Joe Biden aprovou no sábado (11) uma declaração de emergência para o Kentucky. 

Segundo a Reuters, ele disse a jornalistas e repórteres que pediria à Agência de Proteção Ambiental que examinasse o papel que a mudança climática pode ter desempenhado em alimentar as tempestades e levantou questões sobre os sistemas de alerta de tornado.

Pub
Mais em Internacional
Elizabeth II no Jubileu de Platina após problema de saúde

Aparentemente recuperada, a monarca compareceu a espetáculo equestre apoiada numa bengala A rainha Elizabeth II,…

McDonald’s vai vender restaurantes na Rússia (c/ vídeo)

Depois de anunciar o encerramento temporário na Rússia, o grupo McDonald’s revelou que vai sair do mercado russo…

MbZ, “homem forte” do Médio Oriente, novo presidente dos EAU

Mohamed bin Zayed (MbZ), um dos homens mais poderosos do Médio Oriente, depois da morte do seu irmão Khalifa, tormou-se no novo emir de Abu Dabi …

Algarve: imóvel de € 10 milhões, de Abramovich, está ‘congelado’

Portugal mantém congelado desde março um imóvel valorizado em 10 milhões de euros que o oligarca russo Roman Abramovich tem no Algarve …