Faro: Exposição sobre arquitetura de Manuel Gomes da Costa reposta até abril

A exposição «mgc100: Moderno ao Sul», criada em 2009 com o intuito de, ainda em vida, celebrar a carreira do arquiteto Manuel Gomes da Costa (1921-2016), vai ser reposta até abril no Arquivo Distrital de Faro.

A mostra volta a estar patente a partir de amanhã, terça-feira, 14, com inauguração às 18:00 horas. Estará em exibição até 15 de abril de 2022.

Pub

A reposição desta exposição inaugurada em 2009, no Museu Municipal de Faro, visa celebrar o centenário do nascimento de Manuel Gomes da Costa e dar a conhecer, através de 40 das suas obras, a progressão e abrangência da ação profissional do arquiteto no Algarve.

Com esta mostra, o objetivo passa igualmente por “integrar esta obra na memória coletiva dos algarvios”, de forma a que a população atue como vigilante deste património “novo”, “agora reconhecido e em grande perigo de transformação e que, por desconhecimento, arrisca uma crescente degradação e desaparição gradual, como aconteceu muitas vezes até aqui”, salienta a autarquia.

Em simultâneo, o nome de Gomes da Costa e de alguns dos seus colegas contemporâneos, como Manuel Laginha e Vicente Castro, “foram catapultados para a riquíssima esfera do Moderno Português”, à medida que muitas teses, estudos, artigos e livros foram sendo desenvolvidos por estudantes, arquitetos e historiadores de arquitetura em muitas Universidades de Portugal e Espanha.

Entretanto, o município de Faro tem também desenvolvido várias ações de divulgação e proteção deste património, nomeadamente a recriação de casas modernistas de Faro para o ambiente do jogo Minecraft pelos alunos das escolas do concelho, através do projeto MI.MOMO.FARO – Minecraft e a Arquitetura Modernista em Faro, ou a classificação de Interesse Municipal do Eixo de ligação entre o Mercado e a Escola Secundária João de Deus, que define regras restritas de intervenção em edifícios modernos, numa sucessão contínua de ruas e bairros da cidade, constituindo, até agora, algo de raro no país.

Pub

O arquiteto Manuel Gomes da Costa, natural de Vila Real de Santo António, voltou ao Algarve em 1953 com “uma bagagem fresca de novos valores linguísticos e uma nova arquitetura que rompia com os padrões do tempo do regime”.

Ao longo de mais de cinco décadas de trabalho, o arquiteto projetou e construiu centenas de obras, que, para além do programa habitacional mais corrente, teve também muita expressão no âmbito do equipamento público, como a Creche de Aljezur, a Colónia de Férias de Alcantarilha, o Colégio da Nossa Senhora do Alto em Faro, a Capela de Santa Luzia ou a Cooperativa Agrícola de Santa Catarina da Fonte do Bispo.

“Personagem singular, foi talvez o maior representante da Geração Moderna no Algarve pela excecional qualidade e quantidade de trabalho. A persistência e coerência do trabalho de Manuel Gomes da Costa desde o princípio da sua carreira, representam esse ‘espírito de missão’, de equipar a sociedade para o futuro com os meios técnicos e linguísticos da sua época”, resume a autarquia farense.

A exposição estará patente de segunda a sexta-feira, das 9:30 às 15:30 horas, com entrada livre.

Pub
Mais em Sociedade
Helena Carreiras
Ministra da Defesa preside à cerimónia militar do Dia da Marinha em Faro no domingo

As celebrações do Dia da Marinha em Faro encerram amanhã, domingo, 22, com especial destaque para a cerimónia militar no jardim Manuel Bivar

Portimão
Semana Intercultural junta comunidades de migrantes de Portimão

A Semana Intercultural de Portimão vai decorrer entre 23 e 29 de maio, sob o mote da diversidade cultural, visando “promover a vivência das

Vila do Bispo
Proteção Civil de Vila do Bispo “ganha” tenda insuflável e gerador trifásico

O município de Vila do Bispo adquiriu uma tenda insuflável de 42 metros quadrados, um gerador trifásico e outros equipamentos essenciais para

GNR
GNR deteve 239 pessoas por condução sob efeito de álcool na última semana

A GNR deteve 239 pessoas por condução sob efeito de álcool na última semana em todo o país, num total de 517 detidos em flagrante delito,