França, 9 de dezembro de 2021. REUTERS / Stephane Mahe

França: viajantes da Grã-Bretanha podem ser barrados devido à Ómicron

À beira de uma quinta onda de Covid-19, alimentada principalmente pela variante Delta, a França tem 133 casos confirmados da variante Ómicron

A França está com controles mais rígidos para viajantes oriundos da Grã-Bretanha, onde a nova variante Ómicron, mais contagiosa, parece estar a espalhar-se rapidamente, disse o porta-voz do governo francês Gabriel Attal.

"Em relação à Grã-Bretanha, a regra atual é mostrar um teste negativo com menos de 48 horas para entrar em França", disse Attal à rádio France Info na terça-feira, conforme nos reporta a Agência Reuters.

Pub

Mas estamos sempre a procurar meios de apertar o quadro, estamos a trabalhar nisso e devemos, eu acho, chegar a uma conclusão nos próximos dias”, acrescentou.

Pelo menos uma pessoa morreu no Reino Unido após contrair a variante Omicron, disse o primeiro-ministro Boris Johnson na segunda-feira, marcando a primeira morte publicamente confirmada globalmente por causa da nova cepa que se espalhou rapidamente.

Attal disse que a França, atualmente engolfada por uma quinta onda de Covid-19 alimentada principalmente pela variante Delta, tem 133 casos confirmados da variante Ómicron, detectados pela primeira vez na África do Sul, Botswana e Hong Kong no final de novembro.

Apesar da ameaça desta variante, o responsável disse que não há planos neste estágio para tomar novas medidas restritivas para conter a doença, acrescentando que acelerar a campanha de vacinação de reforço da vacina Covid foi a parte chave da estratégia do governo francês.

Pub

Em relação às regras na França, não há planos para alterá-las (...) o fundamental é prosseguir com a campanha de vacinação com a injeção de reforço”, disse Attal, acrescentando que, no entanto, o governo está constantemente a monitorar a situação.

A média móvel de sete dias de novos casos diários, que iguala a notificação de irregularidades, segundo a notícia da Reuters, situou-se nesta segunda-feira num máximo de 48.879 em mais de um ano. Em 14.527, o número atual de pessoas hospitalizadas com Covid-19 atingiu um pico desde 5 de junho.

A França informou em 13 de dezembro que mais 231 pessoas morreram de Covid em hospitais nas últimas 24 horas, enquanto o número de pacientes com Covid em unidades de terapia intensiva (UTIs) aumentou em 150 para se situar em 2.752.

Pub
Mais em Internacional
Brasil: chuvas em Pernambuco poderão deixar mais de 70 mortos

Em Alagoas, 13 municípios estão em situação de emergência devido aos temporais Fortes chuvas atingem,…

McLaren passa a exibir marca ‘Senna’ nos carros de Fórmula 1

O acordo é válido a partir do GP do Mónaco, onde o tricampeão conquistou seis vitórias

Shurastey é cremado nos EUA e as cinzas viajam com tutor para o Brasil

O influenciador, que estava com o seu cão golden retriever chamado de Shurastey, envolveu-se num acidente de trânsito. Ambos morreram.

F1: Leclerc o mais rápido também no TL2, pois então!…

Durante a primeira atividade o TL1, no Principado do Mónaco, a luta pela primeira posição…