Autoridade de Saúde desaconselha jantares e festas de Natal

A Autoridade de Saúde Regional do Algarve desaconselha, com efeitos imediatos, a realização de eventos, festas e jantares que promovam a aglomeração de pessoas.

A recomendação da Autoridade de Saúde  Regional visa os habituais encontros e festejos típicos da quadra natalícia, remetendo-se para o “Princípio da Precaução em Saúde Pública.

“A atual situação nacional e regional, relativa à pandemia de Covid-19, é caracterizada por um elevado grau de incerteza, tendo presente a dinâmica de circulação de vários vírus nos meses de inverno e a emergência de uma nova variante de preocupação de SARS-CoV-2”, lê-se no comunicado divulgado pela Autoridade de Saúde Regional do Algarve, publicado na sua página de internet.

Pub

A Autoridade de Saúde recorda que, apesar das medidas de prevenção, “continuam a ocorrer casos/surtos relacionados com eventos sociais promotores da agregação de pessoas infetadas, com ou sem sintomas”.

A autoridade responsável pela saúde no Algarve lembra que “é fundamental que todos aqueles que pretendam realizar eventos durante a pandemia, ainda que nos limites de enquadramento legal, ponderem o risco a que se estão a submeter, assim como aos demais participantes”.

A Autoridade de Saúde Regional “desaconselha a realização, na região do Algarve, de eventos/festas/jantares que promovam a aglomeração de pessoas, com efeitos imediatos”, lê-se em destaque, no comunicado publicado.

Consulte AQUI o comunicado da Autoridade de Saúde Regional do Algarve.

Pub

 

Pub
Mais em Saúde
Varíola dos macacos: Dinamarca e França avançam vacinação

As autoridades de saúde francesas recomendaram esta terça-feira o início da vacinação dos contactos de…

Argentina perante o primeiro caso suspeito de varíola dos macacos

Nenhum caso positivo confirmado da doença foi registado na América Latina até ao momento O…

Portugal é o primeiro país a sequenciar genoma do Monkeypox

Vírus está na origem de um recente surto que afeta vários países onde a infeção…

Monkeypox
Novos casos confirmados do vírus Monkeypox chegam ao Algarve

O número de casos confirmados do vírus Monkeypox subiu hoje para 37, distribuídos pelas regiões de Lisboa e Vale do Tejo, Norte e Algarve,