Escolas Electrão

«Escolas Electrão» do Algarve já recolheram 1383 quilos de equipamentos eléctricos

Oito estabelecimentos de ensino do Algarve que aderiram à campanha «Escola Electrão» já recolheram 1.383 quilos de equipamentos elétricos usados este ano letivo, entre setembro e dezembro de 2021.

A maior parte dos equipamentos elétricos usados recolhidos na campanha correspondem a pequenos aparelhos, como telemóveis, computadores, micro-ondas e candeeiros, que perfazem um total de 1063 quilos.

Pub

Foram ainda recolhidos 236 quilos de pilhas e 84 quilos de lâmpadas.

A Escola Básica Júdice Fialho, em Portimão, com 310 quilos, e a Escola Secundária Dr. Francisco Fernandes Lopes, em Olhão, com 305, foram as duas maiores contribuintes.

A 11.ª edição da Escola Electrão, que se prolonga até Junho, envolve 236 escolas a nível nacional. Globalmente, neste primeiro período, as escolas aderentes recolheram em todo o país um total de 73 toneladas de equipamentos usados.

A campanha, dinamizada pelo Electrão – Associação de Gestão de Resíduos, tem como objetivo sensibilizar para o correto encaminhamento de pilhas, lâmpadas e equipamentos elétricos fora de uso.

Pub

Cada escola participante pode receber prémios em função da quantidade de pilhas, lâmpadas e equipamentos elétricos usados recolhidos. É atribuído um ponto por cada 100 quilos de equipamentos elétricos usados, 10 quilos de lâmpadas ou 10 quilos de pilhas entregues.

Por cada 10 pontos acumulados, no final do ano letivo, a escola recebe um cheque-prenda no valor de 75 euros para usar na aquisição de novos equipamentos elétricos.

“As escolas participantes estão a receber material de divulgação e acondicionamento para terem a possibilidade de criar um ponto de reciclagem de elétricos e pilhas no espaço escolar. É mais um incentivo para que os estabelecimentos de ensino se aliem a este esforço de reciclagem que deve ser de todos. Com este gesto estamos a desviar os aparelhos usados dos contentores indiferenciados, impedimos que poluam solos e linhas de água ou que sejam desviados para operadores não licenciados. Desta forma garantimos que são corretamente reciclados”, sublinhou o diretor-geral do Electrão, Pedro Nazareth.

Pub
Mais em Ambiente
Quinta Pedagógica de Portimão celebra Dia Mundial das Abelhas

Pelo segundo ano, a Quinta Pedagógica de Portimão vai ser palco das comemorações locais do…

Portugal mantém-se entre seca moderada e seca severa

No último dia do mês de abril, 8,5% do território de Portugal continental estava em seca fraca e 4,3% em seca severa, segundo fonte do IPMA.

Cetáceos
CCMAR avalia abundância de cetáceos na costa algarvia

Um novo estudo promovido pelo Centro de Ciências do Mar (CCMAR) procura compreender e avaliar a abundância de cetáceos na costa

Caçadores asseguram a limpeza de 400 ha nas Terras do Infante

A Associação de Municípios Terras do Infante celebrou contratos-programa com Clubes ou Associações de Caçadores, com área de intervenção…