Silves pioneiro na rega eficiente de espaços verdes

A Câmara Municipal de Silves está a aplicar conceitos de rega de precisão na gestão de água dos espaços verdes municipais.

Integrando a sua política de gestão eficiente da água, o Município de Silves faz uso de estações meteorológicas e sondas de monitorização da humidade do solo, na rega dos espaços verdes e jardins públicos do concelho, com o objetivo de poupar água e reduzir custos.

No final do ano de 2021 a autarquia procedeu à aquisição de ferramentas de apoio à gestão da rega, através da instalação de três estações meteorológicas e de sondas de monitorização da humidade do solo, com recurso ao Fundo Ambiental do Programa de Estabilização Económica e Social (PEES).

Pub

A estas medidas, que representam um investimento de 40 mil euros, está associado um sistema de telemetria de rega que o Município está a instalar em todo o concelho, inserido no Plano Estratégico de Controlo e Redução de Perdas de Água.

“Estes equipamentos revestem-se da maior importância, uma vez que, com o sistema todo a funcionar, será possível decidir onde, quando e qual a necessidade de rega nas diferentes áreas verdes de todo o concelho”, salienta a Presidente da Câmara Municipal de Silves, Rosa Palma.

“Cada uma das estações meteorológicas permite à autarquia decidir os tempos de rega, face às condições climatéricas, sendo, igualmente, possível, através do sistema de telegestão, receber alertas no caso de ocorrerem condições propícias ao ataque de pragas, como a lagarta da relva e fungos”, refere a Presidente da autarquia silvense, Rosa Palma.

Estes equipamentos - instalados em São Bartolomeu de Messines, na zona Ribeirinha de Silves e num relvado junto ao pavilhão da Escola E.B.2,3 de Armação de Pêra - fornecem diariamente parâmetros como temperatura, humidade relativa, humectação foliar, precipitação, radiação solar e velocidade do vento; fazendo com que a autarquia calcule, com maior precisão, as taxas de evapotranspiração para o local.

Pub

Pub
Mais em Ambiente
Quinta Pedagógica de Portimão celebra Dia Mundial das Abelhas

Pelo segundo ano, a Quinta Pedagógica de Portimão vai ser palco das comemorações locais do…

Portugal mantém-se entre seca moderada e seca severa

No último dia do mês de abril, 8,5% do território de Portugal continental estava em seca fraca e 4,3% em seca severa, segundo fonte do IPMA.

Cetáceos
CCMAR avalia abundância de cetáceos na costa algarvia

Um novo estudo promovido pelo Centro de Ciências do Mar (CCMAR) procura compreender e avaliar a abundância de cetáceos na costa

Caçadores asseguram a limpeza de 400 ha nas Terras do Infante

A Associação de Municípios Terras do Infante celebrou contratos-programa com Clubes ou Associações de Caçadores, com área de intervenção…