Fotos: UOL / Insideevs

Embraer regista marca ‘Energia’ para linha de aviões elétricos

A empresa brasileira solicitou o registo junto ao escritório de patentes dos Estados Unidos para linha de aeronaves elétricas e híbridas

A empresa construtora de aviação Embraer está a solicitar registo para a marca Energia, que representa uma nova família de aeronaves elétricas e híbridas. De acordo com a notícia avançada pelo portal UOL / Insideevs, a empresa brasileira está a tentar realizar o registo junto do escritório de patentes dos Estados Unidos (USPTO) após uma recusa inicial devido a alguns aspectos das designações propostas com base em "probabilidade de confusão".

Modelo Energia Electric E9-FE totalmente elétrico.

As aplicações, que foram publicadas em 14 de dezembro de 2021, abrangem quatro modelos, de nove a cinquenta lugares, a serem alimentados por sistemas de propulsão híbrido-elétrico, hidrogénio, turbina a gás e sistemas totalmente elétricos.

Pub

As aplicações que estão a ser processadas cobrem o avião regional E50-H2GT movido a hidrogénio de 50 lugares e o E19-H2FC de 19 lugares. A Embraer, segundo a notícia veiculada pelo portal UOL / Insideevs, espera que estes aviões entrem ao serviço, respectivamente, até 2040 e 2035 e atendam a rotas entre 200 nm e 500 nm (200 e 500 milhas náuticas).

Modelo Energia H2 Gas Turbine (E50-H2GT) movido a hidrogénio.

Além disso, a Embraer também está a tentar fazer o registo de duas aeronaves de nove lugares que poderiam ser usadas em aplicações comerciais e voos sub-regionais. Trata-se dos modelos E9-HE híbrido-elétrico até 2030 e do E9-FE totalmente elétrico, que deve estar operacional em 2035.

Novo eVTOL

Um pouco antes do registo da marca Energia, em novembro de 2021, o escritório de patentes dos EUA publicou o pedido de registo de patente da Embraer para um nova aeronave de descolagem e pouso vertical.

No entanto, este novo modelo tem um design completamente diferente do eVTOL de quatro passageiros, que está a ser desenvolvido pela divisão Eve Urban Air Mobility

Pub

O resumo do pedido de patente não especifica a fonte de energia, nem a quantidade de assentos proposta para a futura aeronave, embora o seu porte compacto aparente possuir uma capacidade não superior a meia dúzia de assentos.

Pub
Mais em Internacional
Elizabeth II no Jubileu de Platina após problema de saúde

Aparentemente recuperada, a monarca compareceu a espetáculo equestre apoiada numa bengala A rainha Elizabeth II,…

McDonald’s vai vender restaurantes na Rússia (c/ vídeo)

Depois de anunciar o encerramento temporário na Rússia, o grupo McDonald’s revelou que vai sair do mercado russo…

MbZ, “homem forte” do Médio Oriente, novo presidente dos EAU

Mohamed bin Zayed (MbZ), um dos homens mais poderosos do Médio Oriente, depois da morte do seu irmão Khalifa, tormou-se no novo emir de Abu Dabi …

Algarve: imóvel de € 10 milhões, de Abramovich, está ‘congelado’

Portugal mantém congelado desde março um imóvel valorizado em 10 milhões de euros que o oligarca russo Roman Abramovich tem no Algarve …