BE dedicou dia de campanha ao problema da habitação no Algarve

O Bloco de Esquerda (BE) do Algarve dedicou o dia de ontem, terça-feira, na campanha para as Legislativas ao problema da habitação, exigindo um programa de habitação pública que pressione para a redução das rendas de mercado.

Sandra da Costa, candidata n.º 3 da lista do BE pelo círculo de Faro, lembrou que “o Algarve tem as rendas mais caras do país a seguir a Lisboa e as remunerações médias mensais mais baixas”.

Pub

A candidata do Bloco de Esquerda chamou a atenção para o facto de estas rendas “inviabilizarem a permanência de muitos jovens no Algarve e impedirem a atração” de médicos, enfermeiros, professores e outros profissionais qualificados.

“A especulação e os apetites imobiliários sobrepõem-se aos planos de ordenamento do território, degradam o ambiente e a qualidade de vida dos cidadãos, prevalecendo assim os interesses privados sobre o interesse público”, salienta o BE.

Exemplificando com o caso da Fuseta, no concelho de Olhão, os bloquistas salientam que nessa vila “constroem-se apartamentos de luxo na zona protegida da Ria Formosa e ocupa-se o espaço público, com a conivência dos poderes políticos”.

Nesse âmbito, prossegue o BE, a criação da Região Administrativa do Algarve “constituirá uma alavanca fundamental para a defesa e valorização da região, impedindo os diversos atropelos ao ambiente e ordenamento do território”.

Pub

João Vasconcelos, atual deputado e mandatário da candidatura, recordou que a criação das regiões administrativas encontra-se plasmada na Constituição desde 1976 e que o BE sempre a defendeu. “Um dos compromissos do Bloco é a criação da Região Administrativa do Algarve na próxima legislatura, fundamental para responder a problemas como a habitação, transportes, serviços públicos, desenvolvimento económico ou ambiente”, conclui o partido.

Pub
Mais em Política
CHUA
Chega organiza vigília pela construção do Hospital Central do Algarve

O Chega vai organizar uma vigília pela construção do Hospital Central do Algarve, no próximo dia 27 de maio, em redor das atuais instalações

Parlamento
PS apresenta proposta de alteração ao OE2022 para apressar Hospital Central do Algarve

Os deputados do Partido Socialista (PS) eleitos pelo Algarve apresentaram uma proposta de alteração do Orçamento do Estado para 2022 para

Chega
Deputado eleito pelo Algarve ouviu órgãos distritais do Chega

Pedro Pinto, deputado do Chega eleito pelo Algarve, esteve na sede regional do partido, em Faro, na passada sexta-feira, 3, para ouvir os

Bloco de Esquerda organizou Fórum da Água

Decorreu no passado dia 7 de maio no Centro Autárquico de Quarteira o Fórum da…