PSD: 3 propostas para salvar o Algarve da crise económica e social

Saúde, economia e mobilidade, são estes os três eixos que vão guiar, na Assembleia da República, a atuação dos deputados do PSD pelo círculo de Faro que forem eleitos, no próximo dia 30 de janeiro.

Em comunicado de imprensa, O PSD afirma: “É urgente garantir o acesso de todos os algarvios à saúde. Mais de 80 mil pessoas continuam sem médico de família no Algarve o que representa mais 20% do que no final de 2020. Os algarvios estão hoje sem resposta do SNS e quem não tem dinheiro vê-se na infelicidade de enfrentar as longas filas de espera, algumas superiores a 800 dias, ou seja, mais de três anos por uma consulta. O Hospital Central do Algarve deve nascer rapidamente, dotado dos meios técnicos e humanos para garantir cuidados de saúde com qualidade e a tempo.

É urgente diversificar a economia do Algarve. O turismo não pode continuar a ser das poucas fontes de rendimento da região sob pena de sofremos como nenhuma outra região os efeitos de uma crise externa. A pandemia provocou uma queda de 16,7% do Produto Interno Bruto da região, o dobro do verificado a nível nacional. É preciso apostar na agricultura, é preciso apostar no mar, mas é preciso também dar as condições para a criação e atração de empresas de base tecnológica.

Pub

É urgente melhorar as condições de mobilidade no Algarve. O PS já demonstrou não ser capaz de concluir com eficácia a requalificação da EN125. Este é um dos principais eixos de atravessamento do Distrito de Faro, mas continua a apresentar graves problemas de segurança com zonas que há anos estão degradadas. E a única alternativa viável, a A22, representa uma despesa que muitas pessoas e muitas empresas não conseguem suportar. É necessário apostar ainda nos transportes públicos de forma interligada, em toda a região e com ligação ao Aeroporto de Faro”.

Neste último dia de campanha eleitoral, os candidatos do PSD apelam à participação de todos no próximo dia 30 de janeiro. O voto de cada algarvio no PSD será um voto rumo ao desenvolvimento da região

Pub
Mais em Política
CHUA
Chega organiza vigília pela construção do Hospital Central do Algarve

O Chega vai organizar uma vigília pela construção do Hospital Central do Algarve, no próximo dia 27 de maio, em redor das atuais instalações

Parlamento
PS apresenta proposta de alteração ao OE2022 para apressar Hospital Central do Algarve

Os deputados do Partido Socialista (PS) eleitos pelo Algarve apresentaram uma proposta de alteração do Orçamento do Estado para 2022 para

Chega
Deputado eleito pelo Algarve ouviu órgãos distritais do Chega

Pedro Pinto, deputado do Chega eleito pelo Algarve, esteve na sede regional do partido, em Faro, na passada sexta-feira, 3, para ouvir os

Bloco de Esquerda organizou Fórum da Água

Decorreu no passado dia 7 de maio no Centro Autárquico de Quarteira o Fórum da…