Milhares de pessoas apoiam Vladimir Putin em Belgrado

Se um pouco por toda a Europa se têm multiplicado as ações de solidariedade com a Ucrânia, em Belgrado os milhares de pessoas (quatro mil, de acordo com a Reuters) que saíram para a rua na noite de sexta-feira fizeram-no para apoiar a Rússia e Vladimir Putin.

A manifestação, de acordo com a EuroNews, foi organizada por grupos de extrema-direita, que consideram a Rússia e a Sérvia países irmãos, ou não tivessem os dois países uma forte ligação histórica.

Pub

As opiniões partilhadas pelos participantes podiam ter saído diretamente de um manual de propaganda do Kremlin:

"A Ucrânia está a ser libertada dos neonazis, não é preciso dizer mais nada. O sistema ocidental invadiu a Ucrânia e os nossos irmãos russos estão a libertá-los. Espero que libertem o mundo inteiro."

"Não posso dizer que estou satisfeito com o que se está a passar na Ucrânia. Estamos em choque, são irmãos a matar-se uns aos outros. É uma tragédia mas tinha de ser feito.

As forças do mal estavam a chegar à fronteira russa e se não fosse isto, teríamos uma guerra mundial. Sempre é melhor esta guerra do que esperar por um conflito maior."

Pub

Existe um forte sentimento anti-NATO na Sérvia, segundo a notícia da EuroNews, devido aos bombardeamentos de que o país foi alvo por parte da aliança durante a guerra no Kosovo, ação que motivou uma condenação da Rússia no Conselho de Segurança da ONU.

Pub
Mais em Internacional
EUA confirmam primeiro caso de varíola do macaco em 2022

Sintomas da doença incluem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, calafrios e…

Portugal recebe cabo da Google que liga Europa a África

Portugal recebeu um cabo submarino de fibra óptica de última geração da Google que liga…

António Costa visita esta semana Roménia, Polónia e Ucrânia

O primeiro-ministro António Costa, vai aproveitar a viagem que realiza esta semana à Roménia e…

Queda do avião chinês com 132 pessoas a bordo foi propositada

Dados da investigação sobre a queda do Boeing 737-800 da China Eastern Airlines mostram que…