Foto: in Metropoles.Com

Jornalista americano morto na Ucrânia este domingo

Chefe de polícia regional de Kiev informou este domingo que um jornalista foi morto por forças russas e outro ficou ferido

Um jornalista norte-americano foi morto a tiro por forças russas na cidade de Irpin, na região de Kiev, na Ucrânia, e outro jornalista ficou ferido, segundo informou o chefe da polícia regional de Kiev, Andriy Nyebytov, neste domingo (13).

De acordo com a Reuters, Nyebytov disse inicialmente que o jornalista morto trabalhava para o New York Times. No entanto, o Times (EUA) disse que o jornalista já tinha trabalhado para o jornal, mas atualmente não estava a trabalhar para ele. O Times identificou o jornalista como Brent Renaud.

Pub

"Estamos profundamente entristecidos ao saber da morte de Brent Renaud.
Brent era um talentoso fotógrafo e cineasta que contribuiu para o New York Times ao longo dos anos", disse o jornal em comunicado publicado no Twitter por um seu porta-voz.

"Embora ele tenha contribuído para o The Times no passado (mais recentemente em 2015), ele não foi designado para nenhuma mesa do The Times na Ucrânia", afirmou.

"Os primeiros relatórios de que ele trabalhava para o Times circularam porque ele estava usando um crachá de imprensa do Times que havia sido emitido para uma tarefa muitos anos atrás."

Nyebytov disse que Brent Renaud foi baleado pelas forças russas em Irpin, segundo noticia a Reuters, mas não foram revelados detalhes do incidente. Também não foi identificado o jornalista ferido. "Outro jornalista foi ferido. No momento, estamos a tentar retirar a vítima da zona de combate", avançou ele em comunicado.

Pub

O portal UOL (Brasil) revela que Brent, tinha 50 anos, era um jornalista experiente na cobertura de conflitos armados. Realizou diversos trabalhos premiados com o irmão, Craig, sendo conhecidos como "Irmãos Renaud".
Cobriram as guerras no Iraque e no Afeganistão, o terramoto no Haiti, a primavera árabe no Egipto e violência de cartéis de drogas no México, entre outras reportagens.

Pub
Mais em Internacional
EUA confirmam primeiro caso de varíola do macaco em 2022

Sintomas da doença incluem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, calafrios e…

Portugal recebe cabo da Google que liga Europa a África

Portugal recebeu um cabo submarino de fibra óptica de última geração da Google que liga…

António Costa visita esta semana Roménia, Polónia e Ucrânia

O primeiro-ministro António Costa, vai aproveitar a viagem que realiza esta semana à Roménia e…

Queda do avião chinês com 132 pessoas a bordo foi propositada

Dados da investigação sobre a queda do Boeing 737-800 da China Eastern Airlines mostram que…