“Algarve Golden Terroir” une quatro concelhos na candidatura a Cidade Europeia do Vinho (c/vídeo)

Os municípios de Albufeira, Lagoa, Lagos e Silves uniram-se, sob o mote “Algarve Golden Terroir”, numa candidatura conjunta a Cidade Europeia do Vinho 2023, apresentada na quinta-feira na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa.

A distinção é promovida pela RECEVIN – Rede Europeia das Cidades do Vinho e a decisão será conhecida em 15 de junho, no Parlamento Europeu.

Pub

A atribuição do título de Cidade Europeia do Vinho 2023 a esta candidatura permitirá a realização de diversos eventos para afirmar a “qualidade e autenticidade” dos vinhos produzidos na região.

Mais projeção para o potencial da produção regional

Contribuirá também para a projeção nacional e internacional das potencialidades da produção vitivinícola algarvia, que nos últimos anos tem conquistado cada vez mais admiradores, prémios e distinções.

No evento de apresentação da "Algarve Golden Terroir" realizado na BTL, estiveram presentes os presidentes de câmara de três dos quatro municípios envolvidos, José Carlos Rolo (Albufeira), Luís Encarnação (Lagoa) e Rosa Palma (Silves).

Na ocasião, foi divulgado o vídeo promocional da candidatura, que conta com os testemunhos de apoio do presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve, José Apolinário, da presidente da Comissão Vitivinícola do Algarve, Sara Silva, do diretor regional de Agricultura e Pescas do Algarve, Pedro Valadas Monteiro, e do presidente da Região de Turismo do Algarve, João Fernandes.

Pub

O presidente da Câmara Municipal de Albufeira, José Carlos Rolo, lembrou que a ideia surgiu há cerca de dois anos e permite unir vários municípios da região em torno da mesma luta, em vez de ser “cada um a fazer na sua ‘quintinha’”, com a meta de diversificar a economia da região.

“O vinho é uma complementariedade do nosso turismo e um setor cada vez mais primordial da nossa economia, que permite atenuar os problemas gerados pela sazonalidade. Com o enoturismo, podemos ter o Algarve todo o ano”, salientou o autarca albufeirense.

Candidatura "de todo o Algarve"

Luís Encarnação, presidente da Câmara de Lagoa, sublinhou que, apesar de o projeto ter sido formalizado por quatro concelhos, que representam a grande maioria da produção vinícola regional, esta será “uma candidatura de todo o Algarve”.

“Que seja uma verdadeira candidatura de todo o Algarve, do barlavento ao sotavento, permitindo enaltecer e prestigiar o extraordinário trabalho dos produtores algarvios. Há 15 ou 20 anos, quem ouvia falar em vinho do Algarve franzia o nariz, mas hoje há vinhos de excelente qualidade”, reforçou o autarca lagoense.

Rosa Palma, presidente da Câmara de Silves, frisou que a região precisa de diversificar a sua economia, uma vez que o Algarve “é muito mais” do que sol e praia e “falta destaque, a nível interno, a novas experiências”.

Pub

“Temos características tão únicas que mesmo os vinhos produzidos nestes concelhos conseguem ser diferentes. Terroir é um termo francês que explica as características da vinha ligadas ao clima e ao solo, ao DNA do vinho”, referiu a autarca silvense sobre o mote da candidatura "Algarve Golden Terroir".

Algarve Golden Terroir

Segundo José Calixto, presidente da Rede Europeia das Cidades do Vinho, que junta cerca de 700 cidades, existe a intenção de outras cidades portuguesas apresentarem candidatura.

“Normalmente, as candidaturas são apresentadas por cidades isoladas e este é um conceito inovador, por juntar os concelhos onde estão grande parte dos produtores algarvios. É uma candidatura forte da região”, comentou.

Até agora, Portugal já teve três Cidades Europeias do Vinho: Palmela (2012), Reguengos do Monsaraz (2015) e Torres Vedras/Alenquer (2018).

Pub
Mais em diariOnline TV
Edifício Multiusos e Antigo Casino marcam a cidade de Quarteira (c/vídeo)

No Dia em que a cidade de Quarteira completou 23 anos, foram apresentadas obras emblemáticas…

“Para a nova ponte já recebemos algum dinheiro que o PRR nos enviou…” Osvaldo Gonçalves / CM Alcoutim (c/vídeo)

A ponte entre Alcoutim e Sanlúcar de Guadiana, sobre o rio Guadiana, integrada no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e anunciada pelo

Lago de Alqueva recebeu o Campeonato da Europa de Formula Windsurf (c/vídeo)

A ausência de vento não permitiu a realização de regatas em número suficiente para validar…

Windsurf: Tudo em aberto na disputa pelo título de Campeão da Europa (c/vídeo)

O Campeonato da Europa de Formula Windsurf que se disputa no Alqueva continua a “sofrer”…