Destruição em Severodonetsk, na região ucraniana de Lugansk. EFE/EPA/STR

Ucrânia informa que exército russo tomou Kreminna, em Lugansk

As autoridades regionais de Lugansk informaram esta segunda-feira (18) que o exército russo tomou a cidade de Kreminna, onde hoje começou a grande ofensiva da Rússia no leste da Ucrânia.

"Os invasores tomaram Kreminna", escreveu no Telegram o governador regional, Serhiy Gaidai.

Pub

Numa outra mensagem, segundo a Agência Efe, Gaidai informou da morte de quatro civis, contra os quais os atacantes russos "dispararam indiscriminadamente".

A administração militar de Lugansk informou esta segunda do início da grande ofensiva por parte da Rússia precisamente nesta cidade do leste ucraniano.

"Podemos informar que a ofensiva já começou", afirmou a administração militar regional em comunicado, no qual acrescentou que se lutava nas ruas de Kreminna e que a evacuação de civis era "impossível".

Foram reportados durante a noite e desde o leste da Ucrânia novos ataques russos com mísseis contra a cidade de Kramators e em zonas de Donetsk, como Vugledar, Marinka e Gradiv.

Pub

Em Kharkiv, a segunda maior cidade da Ucrânia e sob intensos combates, segundo a Efe, nove pessoas morreram e outras 25 ficaram feridas nos bombardeamentos registados nas últimas horas.

As tropas russas, que começaram a invasão da Ucrânia no passado 24 de fevereiro, concentraram os seus ataques na zona leste, especialmente em Kharkiv.

A ofensiva sobre esta cidade permite ao exército de Moscovo reagrupar-se para lançar uma grande operação sobre as regiões pró-russas de Donbass, próximas a Kharkiv.

Por sua vez, os ataques desta segunda-feira sobre a cidade ucraniana de Lviv, no oeste, a cerca de 80 quilómetros da fronteira com a Polónia, causaram onze falecidos, entre eles um menor, devido ao impacto de um dos mísseis russos contra um alvo civil, segundo o autarca, Andriv Sadovy.

Lviv é desde o começo do conflito um dos principais pontos de saída do país para os ucranianos que fogem dos ataques dada a sua proximidade com a fronteira polaca.

Pub
Pub
Mais em Sociedade
Surfista alemão bate recorde de Rodrigo Coxa ao surfar maior onda do mundo na Nazaré – CNN

O Livro dos Recordes do Guinness anunciou esta terça-feira que o surfista alemão Sebastian Steudtner é o novo recordista da maior onda do

Faro
«Faro Acolhe» promove alojamento de universitários em casa de idosos

O projeto «Faro Acolhe», que junta autarquia e Universidade do Algarve (UAlg), pretende promover o alojamento de jovens universitários em

PJ
Algarve na rota de investigação da PJ sobre fraude e desvio de fundos europeus

A Polícia Judiciária (PJ), através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção, deu hoje cumprimento a 54 mandados de busca em todo o país,

Corte de água em Alcantarilha dia 25 de maio

Interrupção de fornecimento de água no dia 25 de maio, na Estrada Nacional 269-1, Rua…