Escolas algarvias promoveram conferência sobre adaptação às alterações climáticas (c/vídeo)

A III Conferência Estudantil de Adaptação às Alterações Climáticas realizou-se, em modo online, no passado dia 22 de abril, Dia da Terra, juntando professores e alunos de três concelhos algarvios.

O evento foi realizado em parceria entre a Escola Secundária Dr. Francisco Lopes, em Olhão, os agrupamentos de escolas Tomás Cabreira, Pinheiro e Rosa e João de Deus, todos de Faro, e a Escola Secundária de Loulé.

Pub

Ainda que a conferência tenha sido adiada por três anos, em resultado da situação pandémica que o mundo tem vindo a atravessar, os professores responsáveis continuaram a trabalhar colaborativamente.

O objetivo passava por “partilhar conhecimentos, ideias e, acima de tudo, de delinear estratégias conjuntas” que permitam aos seus alunos “atingir as aprendizagens essenciais às demais áreas do saber, assim como desenvolver as várias áreas competências consagradas no Perfil do Aluno à Saída da Escolaridade Obrigatória, entre as quais a área de competência «Bem-estar, saúde e ambiente»”.

No contexto dos seus projetos educativos, as escolas secundárias dos concelhos de Olhão, Faro e Loulé têm promovido “dinâmicas cada vez mais ativas junto dos seus alunos, de modo a torná-los intervenientes ativos numa sociedade em mudança e adequar a sua educação às necessidades do século XXI”.

Nos temas emergentes neste início de século, aquele que se afigura mais permanente ao longo de toda a vida dos cidadãos é o das alterações climáticas, “que se têm estado a agravar desde o início da revolução industrial como consequência da utilização dos combustíveis fósseis e das emissões de CO2”.

Pub

Esta edição da Conferência Estudantil contou com a participação de Jorge Cristino, autor do livro «A missão das cidades no combate às alterações climáticas», e Cristina Veiga-Pires, do Centro de Ciência Viva do Algarve.

O momento alto da conferência, que pode ser revista aqui, foi a apresentação das “excelentes comunicações” dos grupos de alunos do consórcio das escolas organizativas anteriormente referidas, “reflexo do trabalho colaborativo contínuo, em torno do desenvolvimento de trabalhos-projeto na área da educação ambiental”.

Pub
Mais em Educação & Ciência
Albufeira
Albufeira desenvolve competências empreendedoras dos mais jovens

As escolas do 1.º ciclo do município de Albufeira estão a receber o projeto «STARTIUPI», que visa desenvolver e potenciar as competências

Colégio
Colégio Internacional de Vilamoura apresentou projeto aos alunos da UAlg

O Colégio Internacional de Vilamoura (CIV) apresentou, aos alunos do curso de Educação Básica da…

Tavira
Encontro escolar de robótica submarina realizado em Tavira

O encontro regional escolar de robótica submarina decorreu na quarta-feira, 18, nas piscinas Municipais de Tavira, organizado pelo Centro

Cientistas testam novos sistemas inteligentes de monitorização de vinhas

Uma equipa multidisciplinar, liderada por investigadores do Instituto de Sistemas e Robótica (ISR) da Faculdade…