EFE/Ernesto Mastrascusa/Arquivo

OMS alerta que a nova hepatite é um tema “muito urgente”

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que o aumento dos casos de hepatite aguda infantil de origem desconhecida é um tema "muito urgente" ao qual estão a dar "prioridade absoluta".

"É muito urgente e estamos a dar-lhe prioridade absoluta e a trabalhar muito estreitamente com o Centro Europeu para a Prevenção e Controlo de Doenças na gestão e coordenação", disse esta segunda-feira em Lisboa o diretor regional de Emergências da OMS, Gerald Rockenschaub.

Pub

O especialista, segundo a Agência EFE, que se encontra em Portugal no âmbito da iniciativa Revisão para a Preparação e Saúde Universal (UHPR, em inglês) - programa para compartilhar recursos entre países de modo a preparar respostas a emergências de saúde pública -, explicou que avisaram vários países para "estarem atentos a isto em concreto", depois do aumento de casos reportados.

"Estamos a fazer tudo o possível para identificar rapidamente o que está a causar isto e depois tomar as medidas adequadas, tanto a nível nacional como internacional", ressaltou.

Os primeiros dez casos desta hepatite aguda, segundo noticia a EFE, foram notificados pelo Reino Unido à Organização Mundial da Saúde (OMS) a 5 de abril, em crianças com menos de dez anos sem doenças prévias, e desde então também se detetaram contágios em Espanha, Israel, Dinamarca, Itália, Estados Unidos e Bélgica, entre outros.

A idade dos afetados oscila entre um mês e os 16 anos, na maioria dos casos não apresentam febre, e em nenhum deles foi detetado o vírus associado a estas doenças (hepatite A, B, C, D e E), segundo a organização sanitária.

Pub

Em Portugal, país que ainda não detetou casos, a Direção Geral da Saúde anunciou a criação de um grupo de trabalho para acompanhar a situação.

Pub
Mais em Internacional
Manto de neve cobre parte do sul do Brasil

Um manto de neve cobriu partes do estado de Santa Catarina no sul do Brasil que desde há alguns dias enfrenta uma invulgar vaga de frio

Portugal apoia Polónia com € 50 milhões em produtos e materiais

António Costa anunciou doação no valor de 50 milhões de euros, desde casas pré fabricadas até produtos farmacêuticos.

Primeiro caso brasileiro infetado com varíola de macaco na Alemanha

Infectado tem 26 anos e passou antes por Portugal e Espanha Na Alemanha, autoridades sanitárias…

Elon Musk reúne-se com o governo do Brasil pela ‘Amazónia’

Reunião centrada em “Conectividade e Proteção da Amazónia”. O multimilionário Elon Musk, dono da SpaceX e que recentemente…