Enfermeiros

Enfermeiros algarvios estão hoje em greve

A ausência de respostas e o agravamento dos problemas levou à radicalização das formas de luta dos enfermeiros algarvios, que estão hoje, quinta-feira, 5, em greve, entre as 8:00 e as 24:00 horas, anunciou o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses.

“A greve (...) é da responsabilidade exclusiva das administrações do CHUA e ARS/Algarve. Os problemas agravam-se, o recurso a trabalho extraordinário é diário, as exigências aumentam, mas não as soluções”, esclarece o SEP.

Pub

Face aos problemas dos enfermeiros na região e aos pedidos urgentes de reunião, as administrações do Centro Hospitalar Universitário do Algarve e da Administração Regional de Saúde do Algarve “não responderam”.

Durante o mês de abril, os enfermeiros manifestaram-se semanalmente junto aos hospitais de Portimão e de Faro, ARS/Algarve e Ministério da Saúde, tendo sido entregue um abaixo assinado com um milhar de assinaturas a exigir “a justa e prometida progressão salarial”.

“As ausências de respostas e o agravamento dos problemas levou à radicalização das formas de luta. As administrações algarvias, afinal, por ineficácia ou incompetência não reconhecem o capital humano que faz os serviços funcionarem”, salienta o sindicato.

Pub
Mais em Saúde
Covid-19: idosos recebem a partir de hoje a 2a dose de reforço

Previsto para o início do outono, a aplicação da 2a dose de reforço foi antecipada devido ao aumento de infeções no país.

Vila Nova de Milfontes recebe ação de promoção de hábitos saudáveis

“Tudo em Prol do Coração!” é o lema da iniciativa agendada para o dia 27…

Médicos
Governo abre 17 vagas com incentivos para captar médicos para o Algarve

O Governo determinou as zonas geográficas do país onde se sente carência de médicos para efeitos de atribuição de incentivos à sua fixação,

Algarve vai ter unidade especializada para pessoas trans

Lisboa e Algarve vão passar a ter duas unidades especializadas para atendimento e acompanhamento de pessoas trans, cuja aberta está prevista