Portugal AVC

Encontro Portugal AVC realiza-se em São Brás de Alportel

A Portugal AVC – União de Sobreviventes, Familiares e Amigos promove o “Encontro Portugal AVC – Juntos Para Superar!”, no dia 28 de maio, pelas 14:30 horas, em São Brás de Alportel.

A ação, realizada em parceria com o Centro de Medicina Física e Reabilitação do Sul, que faz parte do Centro Hospitalar e Universitário do Algarve, junta sobreviventes, familiares, cuidadores e profissionais de saúde para abordar “a importância da reabilitação multidisciplinar, quer logo após o AVC, quer no reconhecimento de que há uma vida após o AVC, que merece ser vivida com qualidade”.

Pub

“Não é por acaso que, logo no título, chamamos a este encontro ‘Juntos para Superar!’ Apesar de não haver dois AVC iguais, assim como dois processos de reabilitação iguais, queremos envolver todas as pessoas neste esforço: ultrapassar o AVC, mesmo que seja ‘contornando’ eventuais limitações, porque a vida continua para todos”, explica António Conceição, presidente da Portugal AVC – União de Sobreviventes, Familiares e Amigos.

“Claro que os sobreviventes e as famílias podem-se deparar com sequelas ‘visíveis’ e outras menos, até mesmo no âmbito da saúde mental e outras complicações de saúde específica. Com este encontro pretendemos criar um espaço para o debate de temas e a partilha de experiências de testemunhos, que possam ser mais uma importante ajuda para os participantes”, acrescenta.

Em contínua interação, além da partilha de testemunhos, a iniciativa vai contar também com a participação de profissionais de saúde, e vai abordar temas relevantes como «Reabilitar para integrar», «O AVC na família e a importância do cuidador», «A intervenção da Medicina Geral e Familiar na fase crónica», «A depressão pós-AVC: estratégias para a evitar e/ou combater e recuperar a autoestima» e «A fadiga crónica no sobrevivente de AVC: como viver com ela?».

A participação nesta iniciativa é gratuita, mediante inscrição aqui, no qual também pode encontrar o programa completo.

Pub

O Acidente Vascular Cerebral (AVC), com cerca de 25 mil episódios de internamento por ano, é a maior causa de incapacidade em Portugal, atingindo todas as idades e géneros. Pode ocorrer como resultado de uma oclusão ou de uma rotura de um vaso sanguíneo cerebral, levando a que uma parte do cérebro sofra lesões, por não lhe chegar o sangue com oxigénio e glicose necessários.

Dependendo da zona afetada, a pessoa poderá ficar subitamente com limitações, como por exemplo, movimentar uma parte do corpo, ter dificuldade na comunicação, entre outras a nível cognitivo ou emocional.

Pub
Mais em Saúde
Covid-19: idosos recebem a partir de hoje a 2a dose de reforço

Previsto para o início do outono, a aplicação da 2a dose de reforço foi antecipada devido ao aumento de infeções no país.

Vila Nova de Milfontes recebe ação de promoção de hábitos saudáveis

“Tudo em Prol do Coração!” é o lema da iniciativa agendada para o dia 27…

Médicos
Governo abre 17 vagas com incentivos para captar médicos para o Algarve

O Governo determinou as zonas geográficas do país onde se sente carência de médicos para efeitos de atribuição de incentivos à sua fixação,

Algarve vai ter unidade especializada para pessoas trans

Lisboa e Algarve vão passar a ter duas unidades especializadas para atendimento e acompanhamento de pessoas trans, cuja aberta está prevista