REUTERS/Dado Ruvic

Governo espanhol demite chefe das secretas

Decisão acontece se sequência do escândalo de espionagem que afetou vários políticos, incluindo Pedro Sánchez.

O Executivo espanhol anunciou hoje o afastamento de Paz Esteban da direção do Centro Nacional de Informação (CNI).
Paz Esteban estava no cargo desde 2020 e foi a primeira mulher a liderar o serviço de inteligência espanhol, segundo está aser noticiado pela Record TV Europa.

A demissão ocorre na sequência do escândalo de espionagem que tem afetado várias figuras da política espanhola, nomeadamente líderes independentistas, o primeiro-ministro Pedro Sánchez e a ministra da Defesa espanhola Margarita Robles.

Pub

Em causa está o software Pegasus, desenvolvido por uma empresa israelita. Uma decisão rápida que reforça a vontade de Sánchez em encerrar rapidamente a polémica.

O motivo claro para a demissão não foi apresentado com a ministra da Defesa, Margarita Robles, a defender a reputação do serviço de inteligência espanhol e a necessidade de “fortalecê-lo”.

Segundo a Record TV Europa, Esperanza Casteleiro, secretária de Estado da Defesa e mulher da confiança da atual ministra da Defesa, será a nova diretora.

Pub
Mais em Internacional
Manto de neve cobre parte do sul do Brasil

Um manto de neve cobriu partes do estado de Santa Catarina no sul do Brasil que desde há alguns dias enfrenta uma invulgar vaga de frio

Portugal apoia Polónia com € 50 milhões em produtos e materiais

António Costa anunciou doação no valor de 50 milhões de euros, desde casas pré fabricadas até produtos farmacêuticos.

Primeiro caso brasileiro infetado com varíola de macaco na Alemanha

Infectado tem 26 anos e passou antes por Portugal e Espanha Na Alemanha, autoridades sanitárias…

Elon Musk reúne-se com o governo do Brasil pela ‘Amazónia’

Reunião centrada em “Conectividade e Proteção da Amazónia”. O multimilionário Elon Musk, dono da SpaceX e que recentemente…