Saúde da Putin tem sido alvo de especulações / © Ansa Brasil

Chefe de inteligência da Ucrânia diz que Putin tem cancro

O chefe da inteligência militar da Ucrânia disse nesta sexta-feira (13) que o presidente russo, Vladimir Putin, está "gravemente doente" devido a um cancro e que um golpe já está em andamento na Rússia para o removerem do poder.

Esta notícia, veiculada pelo portal MSN (Brasil), refere: "Podemos confirmar que Putin está em péssimas condições psicológicas e físicas. Está muito doente. Ele sofre de várias doenças ao mesmo tempo, uma delas é o câncer", disse o major-general Kyrylo Budanov ao canal britânico "Sky News", sem fornecer mais pormenores ou provas das suas declarações.

Pub

O ucraniano disse que a mudança de liderança no Kremlin já está a ser planeada e antecipou um suposto golpe de Estado para retirar Putin do poder.

Segundo o MSN, Budanov previu ainda que a guerra na Ucrânia deve terminar apenas no final do ano.

O estado de saúde do presidente russo tornou-se uma das grandes questões paralelamente à guerra na Ucrânia. Recentemente, a mídia independente russa Proekt disse que ele estaria a enfrentar um cancro na tireoide após uma longa investigação.

No entanto, segundo a mesmo notícia, veiculada no portal MSN, o Kremlin negou os rumores sobre a suposta doença.

Pub

Além disso, um relatório de inteligência do Pentágono e da Ucrânia, citados pela imprensa internacional, já tinha informado que Putin estava com uma doença cancerígena terminal, mas de intestino. Sobre esta matéria, no entanto, nenhuma especulação foi confirmada. (ANSA)

Pub
Mais em Internacional
Brasil: fim do estado de emergência em saúde pública Covid-19

Chegou ao fim, neste domingo (22), o estado de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN),…

Brasileiro encontrado morto com abraçadeiras no pescoço

O corpo do brasileiro, natural de Minas Gerais, foi encontrado na região de Cabo da…

Manto de neve cobre parte do sul do Brasil

Um manto de neve cobriu partes do estado de Santa Catarina no sul do Brasil que desde há alguns dias enfrenta uma invulgar vaga de frio

Portugal apoia Polónia com € 50 milhões em produtos e materiais

António Costa anunciou doação no valor de 50 milhões de euros, desde casas pré fabricadas até produtos farmacêuticos.