Fábio Nobre *

Por que vou sair do Facebook

Fiz uma publicação há pouco tempo no Facebook a explicar porque decidi sair do Facebook no fim deste mês de março de 2021 pelo que

Como podes estar sozinho, se te levas para todo o lado?

Como podes estar sozinho, se te levas para todo o lado? Se existe um “eu” para se dar conta da solidão, então essa solidão não é real

Porque as mulheres são parte de nós e nós parte delas

Soube do caso de Sarah Everard no passado sábado à noite, através de uma conversa digital com amigos e amigas. Uma das pessoas falava connosco enquanto

O direito ao sonho

Assisti na última sexta-feira (5 de março) a uma notícia na TVI, no mínimo, curiosa. Falavam do youtuber português Windoh, Diogo Silva, e do curso

Prefiro viver agora

“Somos os sortudos que irão morrer”. A frase é do conhecido biólogo Richard Dawkins, e eu tendo a concordar com ela nos dias positivos

Continuemos

Se a lei de Moore, que prevê uma duplicação no poder de computação a cada dois anos, continuar a verificar-se, o que tem sucedido desde há umas décadas

Cons”ciência”

O que é a consciência? Esta é, a par de mais um punhado de questões (quem sabe todas ligadas?), uma das grandes interrogações humanas.

A mão (pouco) invisível

Na semana passada falei-vos da tempestade que caiu nas finanças americanas e, por isso, mundiais, tendo como epicentro as ações da GameStop Corp.

Occupy Wallstreet 2.0

Para os mais distraídos em relação a notícias além do covid, sobretudo agora, em que estamos na liderança menos desejada, isto é, o primeiro lugar mundial ao nível

Marcelo ganhou as eleições. Ventura foi vencedor.

Primeiro: com 60% de abstenção nas eleições presidenciais de ontem, todos nós perdemos. Perderam os portugueses,

Um parque de diversões

Começou na passada sexta-feira um novo confinamento geral, com a duração certa de duas semanas

Público ou Privado?

Já há algum tempo que me tenho vindo a questionar sobre aspetos que considerava arrumados em mim

O peso do saber

Ser culto é ser ignorante em relação a muitas coisas. Saber que não se sabe. O perigo está à espreita

O novo Ano velho

Aproxima-se um novo ano velho. As esperanças renovar-se-ão, beber-se-á champanhe e as famosas doze passas

Sou o que penso ou penso o que sou?

Eu não penso. Eu sou pensado. Dizer que penso é assumir que comando esse fluxo energético que perpassa pela consciência. Não é assim. Com treino

Vegetariano por mim e pelo mundo

Deixei de comer carne há cerca de oito anos e meio. Peixe, um par de anos depois. Passei por um período em que fui vegan mas, desde há algum tempo a esta parte

Por que viajo eu?

É difícil falar de viagens sem incorrer em lugares-comuns. Falar da diferença entre viajantes e turistas, dos motivos por que cada um viaja

Que sentido tem tudo isto?

Indagar sobre qual o sentido da vida é algo que, creio, todos os seres humanos farão pelo menos uma vez. Uns passarão por essa questão muito ao de leve

“A literatura não salva ninguém, mas salvou-me a mim”.

“A literatura não salva ninguém, mas salvou-me a mim”. “Os limites da minha linguagem