peixes

Investigadores reutilizam subproduto do biodiesel em rações para peixes

Uma equipa de investigadores portugueses e franceses, liderada por Ivan Viegas, do Centro de Ecologia…

Palau – primeiro país a proibir protetores solares

Desde as zero horas de hoje, 1 de janeiro, no arquipélago de Palau, no Oceano Pacífico, estão proibidos o uso e a venda de protetores e filtros solares

Investigadores do Centro de Ciências do Mar editam livro sobre bem-estar de peixes

Dois investigadores do Centro de Ciências do Mar (CCMAR) da Universidade do Algarve editaram recentemente um novo livro …

Investigadores algarvios estudam crescimento humano através da hormona da tiroide no linguado

Uma equipa de investigadores, incluindo especialistas algarvios, publicou um estudo que parte da hormona da tiroide no linguado para dar a conhecer um novo mecanismo desconhecido para a força motriz no processo de crescimento.

Especialistas apresentam em Olhão rede de telemetria para estudar migrações de animais aquáticos

Um grupo de 25 especialistas em telemetria de toda a Europa encontra-se reunido esta semana em Olhão para implementar a European Tracking Network, que pretende estudar o movimento de animais aquáticos em grande escala.

Oceanos mais ácidos provocam perda de olfacto nos peixes

Os peixes estão a perder capacidade olfactiva devido à acidificação dos oceanos causada pelo aumento do dióxido de carbono na atmosfera. Uma equipa de investigadores que integra membros do Centro de Ciências do Mar (CCMAR) acaba de publicar um estudo na revista Nature Climate Change que reforça a grande apreensão da comunidade científica em relação à acidificação dos oceanos e seu impacto nas espécies que nele habitam.

CCMAR: Peixes usam sinais químicos para resolver disputas

Os cientistas já sabiam que muitas espécies usam a comunicação química nas suas interações sociais, mas num estudo recentemente publicado na revista Scientific Reports, um grupo de investigadores do Centro de Ciências do Mar, dá conta de que o peixe tilápia moçambicana usa estes sinais para reduzir a violência nos combates. Os cientistas reportam também que os machos ao cheirarem a urina dos dominantes aumentam as suas hormonas sexuais.