Som Riscado

interMEDio e Som Riscado candidatos ao Iberian Festival Awards

Decorrem até ao dia 31 de janeiro as votações para os Iberian Festival Awards e neste período o público em geral poderá contribuir, com o seu

interMEDio E Som Riscado nomeados para os Iberian Awards

São 11 as nomeações em 7 categorias que o interMEDio (Festival MED – Edição Especial) e o Festival Som Riscado, iniciativas organizadas pelo Município de Loulé

Som Riscado regressa com 5 dias de festival

É já este mês, a 24 de novembro, que regressa um dos festivais mais originais e alternativos no que à música, som e imagem diz respeito

“Som Riscado” com criatividade e segurança

Dia 19 de novembro regressa em força um dos mais singulares e irreverentes festivais a sul do Tejo, o Festival Som Riscado, que se prolonga

Som Riscado regressa em novembro

Após ter estado inicialmente programado para março, o Som Riscado – Festival de Música e Imagem de Loulé está de regresso em novembro, de 19 a 22

Som Riscado com programação inovadora

De 26 a 29 de março acontece a 5.ª edição do Som Riscado – Festival de Música e Imagem de Loulé, uma iniciativa do Município de Loulé através do Cineteatro Louletano

4ª Edição Som Riscado – Festival de Música e Imagem de Loulé

Loulé recebeu a quarta edição do festival Som Riscado, o qual trouxe a sul diversos protagonistas e projetos de referência nas áreas da música e imagem

“Som Riscado” surpreendeu públicos com propostas inovadoras

Loulé recebeu entre 11 e 14 de abril a quarta edição do festival Som Riscado, o qual trouxe a sul diversos protagonistas

“Som Riscado” com novas abordagens em Loulé

Além dos espetáculos, performances, instalações e debate, o Som Riscado – Festival de Música e Imagem de Loulé, a decorrer

“Concílio Riscado dos Deuses” em Loulé

Um debate que junta nomes incontornáveis do som e da música experimentais a que se dá o nome de “Concílio Riscado

“Som Riscado” aposta na formação e envolvimento escolar

O Som Riscado – Festival de Música e Imagem de Loulé regressa, de 11 a 14 de abril, com um cartaz que vem consolidar

Som Riscado trouxe propostas inovadoras a Loulé

Não é todos os dias que encontramos figuras como Tiago Pereira na pausa da manhã, no emblemático Café Calcinha, com um balão fone na mão. Ou músicos de craveira internacional à conversa num bar em ambiente informal como foi o caso de Rodrigo Leão, ou, ainda, espetáculos únicos e de improvisação, nunca antes estreados em Portugal, a pisar o palco do Cine-Teatro Louletano, tal como sucedeu com o João Paulo Esteves da Silva Trio.

Música eletrónica para bebés no “Som Riscado” em Loulé

O Som Riscado – Festival de Música e Imagem de Loulé propõe um fim de semana especial para bebés, crianças e famílias com enfoque em propostas interdisciplinares inovadoras que pretendem abrir novos horizontes para miúdos e graúdos.

Rodrigo Leão em concerto no “Som Riscado”

No âmbito da terceira edição do Som Riscado, o Festival de Música e Imagem de Loulé, decorre amanhã, 6 de abril, pelas 22h00, no Cine-Teatro Louletano, o concerto visual de Rodrigo Leão Ensemble intitulado “Os Portugueses”, em que o prestigiado compositor e músico explora a temática da portugalidade com uma vincada linguagem visual como suporte.

Orquestra Futurista do Porto estreia no “Som Riscado”

O concerto visual “Autópsia de um Futurismo Português”, uma criação da Nova Orquestra Futurista do Porto (N.O.F.P.), terá lugar no Cine-Teatro Louletano, pelas 21h30, naquele que é o segundo dia do Som Riscado, o Festival de Música e Imagem de Loulé. Será a estreia absoluta na região algarvia deste reconhecido coletivo artístico portuense composto por prestigiados músicos nacionais nas áreas experimental e improvisada.

Alquimia de Sons e Sabores abre “Som Riscado”

Esta quarta-feira, dia 4 de abril, pelas 19h00, no Cine-Teatro Louletano o espetáculo “Som Temperado” abre a 3ª edição do Som Riscado – Festival de Música e Imagem de Loulé. Os protagonistas são o produtor musical Miguel Neto – aqui na pele de “mEEkAlnUt” (eletrónica) –, os Caldeireiros de Loulé e a Tertúlia Algarvia, isto a partir de uma ideia original de Andreia Pintassilgo e com a colaboração do projeto Loulé Criativo.

“Som Riscado” com bilhetes à venda

Já estão à venda os bilhetes para os espetáculos multidisciplinares e performances audiovisuais que integram o programa da 3ª edição do Som Riscado, o Festival de Música e Imagem que começa a 4 de abril e “risca e arrisca para ouvir com os olhos bem abertos”, durante cinco dias, em Loulé. Todos os espetadores que queiram já reservar o seu lugar no Cine-Teatro Louletano poderão fazê-lo a partir de hoje.

 “Som Riscado” regressa a Loulé

O Festival Som Riscado regressa a Loulé com concertos visuais, performances, exposições, instalações interativas, formação e debates para fomentar cruzamentos e diálogos criativos entre os universos da música e da imagem, bem como para apresentar abordagens exploratórias e experimentais, de cariz contemporâneo, em torno da arte do som. Tendo como epicentro o Cine-Teatro Louletano, a terceira edição realiza-se entre os dias 4 e 8 de abril e já tem o programa fechado.